domingo, 29 de junho de 2014

A perfeição dos bebês


Como você era perfeito quando era bebezinho. Os bebes não tem de fazer nada para se tornarem perfeitos, eles já são perfeitos e agem como se soubessem disso. Sabem que são o centro do Universo. Não têm medo de pedir o que querem e expressam livremente suas emoções. Qualquer um sabe quando um bebê está bravo, aliás, toda a vizinhança sabe. Também se sabe quando eles estão felizes, pois seus sorrisos são capazes de iluminar um quarto inteiro. Os bebês são cheios de amor.
Crianças muito pequeninas morrem se não recebem amor.
À medida que vamos ficando mais velhos, aprendemos a viver sem amor, mas os bebês não suportam isso. Os pequeninos também adoram cada parte de seu corpo, amam até suas próprias fezes.
Eles têm uma coragem incrível.
Você era assim. Nós éramos todos assim. Então começamos a ouvir os adultos à nossa volta que haviam aprendido a ser medrosos e passamos a negar nossa própria magnificência.
Trecho do livro: Você pode curar sua vida – Louise L. Hay


Aprenda com os bebês. Se aceite, ame-se, profunda e completamente. Seja feliz!






2 comentários :

  1. que lindo, é isso mesmo. Nascemos completos e vamos perdendo nossa espontaneidade com o tempo. Infelizmente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo Solange, infelizmente agimos de acordo com o que a sociedade nos impõe

      Excluir