domingo, 8 de junho de 2014

Ansiedade: Excesso de futuro?

Muitos dizem que é o mal do século. Mas como chegamos nesse ponto?
Tecnologia? Imediatismo? Ritmo cada vez mais frenético?
Realmente tudo isso contribui, não há dúvida!
Mas é muito fácil colocar a culpa da nossa ansiedade, das nossas dúvidas, na modernidade. Se fosse dessa forma, então todos nós seriamos ansiosos. E por que algumas pessoas não são? Como algumas pessoas conseguem lidar com a situação e outras não?
A modernidade nos oferece milhões de possibilidades, cabe a nós refletirmos... Será que há necessidade de tudo isso? Onde eu fico nessa história?
Pensamos tanto no que está por vir que, muitas vezes, esquecemos o ‘aqui e agora’, deixamos de lado o presente e priorizamos o futuro.
O problema é que o futuro não existe, é fruto da nossa imaginação, das nossas fantasias. Criamos expectativas, alimentamos medos e deixamos de viver o momento. Concentramos toda nossa energia em algo que não aconteceu e nem sabemos se irá ocorrer.
Para reduzir a ansiedade devemos, então, viver o hoje, curtir o momento e focar no agora. E para estar no presente precisamos de consciência (pensamento) e também do nosso corpo.
Aliás, não tem como o corpo ir ao futuro, por isso atividade física ajuda tanto na ansiedade, pois sentimos nosso corpo vivo, revigorado e centrado.
E além do exercício, a respiração também é uma atividade do agora, e não damos tanta atenção a ela. Respirar se tornou automático, só nos lembramos quando estamos resfriados, com o nariz congestionado, asma, rinite alérgica, etc.

Pense um pouquinho, como está sua vida agora?
Está pesada? Deixe-a mais leve!
Você pode ter uma vida diferente!
Comprometa-se, Tome decisões, Tome atitude, Viva o presente e Seja Feliz!




Nenhum comentário :

Postar um comentário