terça-feira, 17 de junho de 2014

Mudança nos sintomas

Mudança do sintoma psicológico após a aplicação em grupo da Técnica de Libertação Emocional (EFT)

Resumo
Um estudo realizado por JE Rowe (2005) examinou os efeitos da Técnica de Libertação Emocional (EFT) em condições psicológicas, como depressão e ansiedade. A amostra foi com 102 participantes, em um workshop de fim de semana ministrado pelo criador da EFT, Gary Craig.  Rowe encontrou melhorias significativas nos sintomas psicológicos pré e pós-oficina, com ganhos significativos dos participantes mantidos em acompanhamento.
O estudo atual examinou se essas melhorias foram atribuídas ao fundador da EFT ou se efeitos semelhantes são observados quando a EFT é conduzida por outros terapeutas. Este estudo analisou amostras de 102 participantes em quatro conferências diferentes, em que a EFT foi ensinada por outros profissionais.
Em todas as quatro conferências, houve melhorias significativas na gravidade e na amplitude dos sintomas pré e pós-oficina (p < 001), e com a continuidade do tratamento, três das quatro conferências obtiveram ganhos significativos de longo prazo (p < 001).
Os resultados indicam que a EFT pode ser eficaz na redução dos sintomas psicológicos, quando realizada por outras pessoas que não o fundador do método, e que a EFT pode melhorar a saúde mental das pessoas, de forma confiável, e em longo prazo através de tratamentos breves em grupo.
Palavras-chave: Depressão, Ansiedade, Dor, Ânsia.

PALMER-HOFFMAN, J.; BROOKS, A. J. Psychological Symptom Change after Group Application of Emotional Freedom Techniques (EFT)Energy Psycology Journal. v. 2 , n.1, 2011. pp. 57-72. Disponível em:http://energypsychologyjournal.org/julie-palmer-hoffman-audrey-j-brooks/. Acesso em: 13 de junho de 2014.


Nenhum comentário :

Postar um comentário