sexta-feira, 17 de abril de 2015

Questionando crenças

As crenças, as ideias e a cultura da qual fazemos parte, têm grande importância no significado que damos às nossas vidas.
Uma mãe com um filho dependente químico, por exemplo, pode se culpar e se deprimir por entender que “uma mãe é sempre responsável/culpada por tudo que acontece na vida dos seus filhos”.
Neste caso, assim como em todos os outros que vivenciamos, devemos refletir sobre a força das noções culturais interiorizadas em nós, a influência que elas causam e o sofrimento gerado por elas.
E como podemos fazer isso se, muitas vezes, nem percebemos que agimos desta forma?
Através de questionamentos!
Seguindo o exemplo da mãe com o filho com dependência química, como poderíamos questionar tal pensamento:

·  Como você foi apresentada à ideia de que as mães são culpadas pela vida dos filhos?
·         A quem essa ideia favorece?
·         Onde você pensa que começou essa ideia?
·         O que você pensa sobre essa ideia?
·         Como ela funciona na sua vida?
·       Como você pensa que ela funciona na vida de outras pessoas?

Assim, incentivamos o pensamento consciente e nos permitimos refletir sobre nossos atos.
Uma dica: Utilizando EFT durante o questionamento, potencializamos o momento e facilitamos o processo.

Experimente!


Nenhum comentário :

Postar um comentário