quinta-feira, 25 de junho de 2015

Comparando a EFT com métodos convencionais

Quem diz que a psicoterapia tem que levar meses ou até anos para fazer muito pouco? Somente aqueles que acreditam que ela seja assim e investiram suas vidas em perpetuar esse mito.
Quem diz que as drogas, cirurgias, radiações e afins, representam as únicas soluções viáveis ​​para problemas físicos? Somente aqueles que não têm assistência adequada fora da caixa. A abordagem médica deve, certamente, ser considerada para preocupações com a saúde, mas não a única abordagem. O campo emergente da medicina mente-corpo, por exemplo, tem desenvolvido numerosos estudos que mostram alívio dos sintomas e a acupuntura, por sua vez, tem mostrado evidências similares.
EFT, na descrição mais simples, combina medicina mente-corpo com a estimulação dos meridianos de acupuntura (via Tapping com as pontas dos dedos) para gerar uma mistura sinérgica dos dois. Dos meus anos de observação com a EFT é fácil concluir que, esta mistura, dá origem à benefícios que superam os fornecidos pelas partes individuais. Vi também a EFT trazer alívio (incluindo o cessar completo dos sintomas), onde medicamentos, cirurgias e outras intervenções médicas pareciam ter falhado.
Quer isto dizer que EFT é melhor do que qualquer outra coisa e que todos os outros métodos devem ser abandonados? Claro que não!!
Pelo contrário, significa que a EFT representa uma abordagem muito diferente dos outros métodos e pertence à caixa de ferramentas de todos. Batendo, buscamos o equilíbrio dos meridianos de energia do corpo e a resolução da saúde, limpando emoções negativas. Se um caminho de cura, da atualidade, está ignorando essa possibilidade, então, na minha opinião, sua investigação contém um buraco.
Fonte: Gary Craig
Site: emofree.com

Nenhum comentário :

Postar um comentário