terça-feira, 15 de setembro de 2015

EFT e o Burnout

Efeito da Técnica de Libertação Emocional (EFT) em professor com Burnout

Resumo:
Ensinar é uma profissão estressante. Muitas vezes, os professores experimentam burnout e tornam-se emocionalmente e fisicamente comprometidos. O nível de desgaste entre os professores no campo da educação tem, inclusive, um impacto negativo sobre a retenção, recrutamento e desempenho do aluno. O objetivo deste estudo foi examinar a eficácia das técnicas de libertação emocional (EFT) sobre os sintomas do burnout em professores. Um estudo de quatro semanas, quantitativo, experimental pré-teste pós-teste com grupo controle comparou os níveis de burnout de uma amostra de conveniência de 126 professores. O grupo de tratamento utilizou EFT, enquanto um grupo controle usou placebo praticado no antebraço. Os participantes foram avaliados utilizando os três componentes do Maslach Burnout Inventory (MBI): exaustão emocional, despersonalização e realização pessoal. As diferenças entre os grupos foram determinadas utilizando um ensaio "t" 1 para cada um dos 3 componentes do MBI. A EFT diminuiu significativamente todos os 3 componentes do burnout. EFT é barato, fácil de administrar e pode ser adicionado a programas de tutoria e retenção de professores para melhorar a resiliência do profissional. O impacto positivo sobre professores cujo nível de burnout afetava negativamente o ambiente educacional vai ajudar a nutrir e manter seus ativos valiosos para a aprendizagem do aluno.
Palavras-chave: Professor, Burnout, psicoterapia, gestão do estresse, eficácia do programa, EFT


Reynolds, AE. Effect of Emotional Freedom Techniques (EFT) on teacher burnout. Energy Psychology: Theory, Research, and Treatment (in press), 2010. Disponível em: http://www.eftuniverse.com/research-and-studies/effect-of-emotional-freedom-techniques-eft-on-teacher-burnout. Acesso em: 28 de agosto de 2015.

Nenhum comentário :

Postar um comentário